10 de setembro de 2011

Ilusão

Somos o que queremos ser, queremos ser o que não somos. Simples é o fato de não sabermos nosso futuro. Mais simples ainda é o fato de isso ter vindo para nós por um simples objetivo: lute, e lute muito, pois não sabemos o que nos fará mal e este é o único jeito de descobrir. A recompensa por uma atitude conveniente sempre será um aprendizado, com o qual se ganha de brinde um sorriso ou lágrimas, arco-íris ou chuva, a desilusão ou o sonho. Não vale a pena amar, é algo que ouvimos e pensamos, em maus momentos. Quero amar, quero viver, quero sonhar, quero ser iludida, quero ouvir mil vezes dizerem que me amam. Não existe sentimento melhor que a ilusão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário