8 de setembro de 2011

I'm afraid, really.

Olhava em seus olhos,
enquanto gentilmente conservava suas mãos entre as dele,
espantada com aquele carinho jamais antes demonstrado.
Que há com ele, será amor? - Pensou ela.
Foi quando, um suspiro lhe chegou aos ouvidos, então chegara a hora de parar de pensar, e simplesmente, rendeu-se aos encantos antes jamais demonstrados do querido.
Pena, foi só mais uma! - Pensou ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário