8 de setembro de 2011

Somewhere in his smile he knows, that I don't need no other lover

Penetrando no meu coração de desiludida extremosa, seu imenso e dedicado amor se fez presente. Amor dedicadíssimo, o qual me traz proteção e auxílio. Em manhãs tristes e escuras, és como o sol, iluminando meu horizonte. Por tantas vezes não o vi, mas hoje o sinto sempre presente. Com enorme felicidade, e um exuberante sorriso estampado no rosto, atendo seu telefonema, no qual você me diz: ‘eu te amo e quero ficar para sempre do seu lado’, então em pensamento –para não parecer boba demais, digo a mim mesma: "eu também te amo e é você quem eu quero do meu lado, para poder ver seu sorriso a qualquer momento do dia, e velar seu sono mesmo que este esteja inquieto por pesadelos noturnos", então é quando as únicas palavras que consigo pronunciar é : "eu te amo", enfim, quando desligo o telefone espero que tenha desvendado todos meus pensamentos por trás dessa simples frase, que no fim das contas não é nem um pouco simples.

Nenhum comentário:

Postar um comentário